Palestra 1 copiar.jpg

PRINCIPAIS BANDEIRAS

GESTÃO enxuta
e eficiente

O estado existe para proteger e promover as pessoas. O estado serve a população e não o contrário. Pautado nesse princípio, nosso período no Governo do Estado adotou medidas estratégicas, como a renegociação das dívidas com a União e a reforma da previdência estadual.

Em dezembro de 2015, a Assembleia Legislativa aprovou a Reforma da Previdência do Estado, garantindo uma economia aos cofres públicos de R$ 838,2 milhões. Houve o aumento gradual da alíquota da contribuição previdenciária dos servidores, reajustadas de 11% para 14%, ao ritmo de um ponto percentual ao ano até 2018. O Estado também aumentou sua participação de 22% para 28% (dois pontos percentuais ao ano).

Em 2016, o Estado recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para questionar a cobrança de juros compostos, dando origem a TESE DE SC. A renegociação da dívida do Estado com a União garantiu fôlego financeiro aos Estados, com desconto de 100% da dívida no segundo semestre de 2016, quando a crise chegou ao seu ápice. O acordo também estabeleceu maior prazo de pagamento.

Em 2017, Santa Catarina alcançou o 2o lugar nacional no ranking de gestão e competitividade dos estados. Em números absolutos, em uma escala de 0 a 100, a nota de SC aumentou de 74,3 para 77,2.